Cursos 24 Horas

Cursos Online 24 Horas

Cursos Online com Certificado - Educação a Distância - Cursos 24 Horas

Indicadores, sinalizadores da vida empresarial

Para você perceber se a venda está em crescimento ou em queda, a análise da evolução do faturamento entre dois períodos iguais já é o suficiente. Porém, para identificar quais foram os fatores que influenciaram para que ocorresse esta oscilação e em que nível, somente os indicadores poderão ajudá-lo.

O conceito de indicador, conforme consta no dicionário da língua portuguesa, cita o seguinte: ...que ou o que fornece indicações de pesos e medidas diversas (diz-se de instrumento, dispositivo etc.).
Para a administração pode-se afirmar que é o resultado da relação entre dois parâmetros, que possibilitam a análise relativa de algum fator de interesse para a gestão do negócio.

Cada atividade empresarial tem os seus próprios indicadores básicos, criados e aprimorados ao longo do tempo, como por exemplo, para um supermercado o valor do ticket médio é frequentemente utilizado nas análises de resultados do negócio, que considera o faturamento em relação à quantidade de clientes que efetivamente compraram na loja. Já para uma industria a relação de produtos fabricados por hora, possibilita ao industrial perceber a produtividade em um determinado momento da produção.

Poderíamos continuar a listar diversos outros indicadores e sua importância, mas de nada adiantaria obter estes números se os padrões não existissem, para oferecer consistência às ações administrativas.
Afinal, para analisar um número é necessária a comparação com outro, desde que o fator comparativo seja confiável e devidamente aceito por todos os envolvidos.

Para criar os indicadores-padrões é fundamental realizar inúmeras pesquisas de campo e casos, considerando sazonalidades, pessoas e o momento empresarial adequado, pois algumas distorções provocadas pelas oscilações de mercado, podem inibir ou alterar uma situação empresarial qualquer.

Mas, considerar o indicador somente no final de um determinado período, pode significar inúmeros prejuízos para o negócio, portanto, as checagens devem acontecer periodicamente, para sua alteração ou adequação, considerando os possíveis desvios, dentro de uma margem de tolerância aceitável, para a empresa e suas relações mercadológicas.

Tenha cuidado com o exagero na elaboração de indicadores, que quando em grande quantidade podem dificultar a análise final dos resultados, por considerarem parâmetros completamente diversos e de áreas de negócios que indicam fatores, portanto, que podem demonstrar índices desproporcionais entre eles.

Exemplo das despesas em publicidade e propaganda que precisam crescer quando o faturamento está em queda, ou ainda, algum custo direto de produção que está registrando alta ou baixa, para atender a estratégia comercial aplicada em um determinado momento.
Mas, sempre será importante a utilização de um, ou mais indicadores para a adequada elaboração das estratégias empresariais. 

Jorge Luiz da Rocha Pereira
Consultor - Sebrae-SP 


Fonte: Site SEBRAE-SP

 

Sobre a Autora    -     Contato     -     Mapa do Site     -     Política de Privacidade